IPVA Atrasado: Como Consultar Débito e Pagar o Imposto


No Brasil, pagar diversos impostos que recaem sobre os cidadãos não é tarefa fácil de acompanhar. São muitos tributos, com prazos um diferentes dos outros, vem as festas, ano novo e se torna quase que comum esquecer de pagar um deles e logo você, sem querer, pode ficar com o IPVA atrasado, por exemplo.

Agora fique bem atento, se você não pagar o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (o famoso IPVA) você pode gerar consequências negativas para seu bolso e para você o motorista.

Agora a boa notícia, se o IPVA do seu carro está atrasado e você não sabe como resolver a situação em dia, confira e leia este artigo para entender/aprender como regularizar essa possível pendência e não ter dor de cabeça com esse problema.

IPVA ATRASADO GERA MULTA?

Direto e Reto > IPVA atrasado gera multa: sim. Além de multa, outros problemas também podem ocorrer se não pagar este imposto.

Problema 1 – Acarreta juros de 0,33% por dia até chegar ao total de 20%, o que leva mais ou menos 60 dias. Depois desses 2 meses, se o IPVA ainda estiver atrasado, o valor da dívida é reajustado pela Taxa Selic, que é a taxa básica de juros do Brasil.

Problema 2 – O IPVA atrasado reflete em multa indireta. Atualmente, o motorista é autorizado a circular com o carro sem pagar o IPVA, apenas até a próxima data de licenciamento do veículo. Quando chega nessa data do licenciamento, se não houver a quitação do imposto, o licenciamento não será emitido.

Problema 3 – Andar com o carro sem licenciamento gera uma multa pesada de R$293,47, além de mais 7 pontos na carteira de habilitação.

Após  conhecer e analisar estes 3 problemas, entendemos que o IPVA atrasado gera multa de trânsito indireta, além de cobrança de juros no valor.

Meu carro pode ser apreendido se eu não pagar o IPVA?




Pode acontecer sim, caso você seja parado em uma blitz policial e seu licenciamento não esteja regularizado.

COMO CONSULTAR DÉBITOS ?
COMO PAGAR O IPVA ATRASADO ?

No Brasil,  o DETRAN tem várias unidades independentes pelo país. E cada estado possui certa autonomia.

Exemplo: Atualmente, não é possível compartilhar informações sobre o seu carro comprado em São Paulo se for ao DETRAN da Minas Gerais. A forma mais tradicional para consultar os débitos é ir até uma unidade do DETRAN mais próximo dentro do estado em que o carro foi registrado.

Já sabemos e conhecemos a gravidade de não quitar o IPVA, então agora é hora do passo-a-passo para como pagar o IPVA atrasado.

Em ação: Você tem duas opções para executar isso. A primeira opção é a mais comum e não permite parcelamento, já a segunda opção você precisa contratar os serviços oferecidos por despachantes.

Explicando a Opção 1: Você tem que consultar o seu IPVA no site do Detran do seu Estado, para entender a sua situação do débito e então solicitar a emissão de uma nova guia para o pagamento do tributo. O procedimento também pode ser feito pelo site da Secretaria da Fazenda do seu Estado. Utilize sempre os dados de placa e Renavam do automóvel para facilitar a sua vida. Utilize sempre os sites oficiais do Governo do seu Estado.

Depois de acessar o site oficial, faça a emissão da guia, imprima essa nova guia emitida pelo site e leve até uma agência bancária para realizar o pagamento. Você também consegue pagar em uma lotérica, ou via APP do seu banco ou Internet Banking.

O próprio sistema do banco vai ter calcular automaticamente a multa pelo atraso, portanto tenha atenção, já que o valor será um pouco maior do que o da guia de pagamento.

Saiba: pode ser chato e incômodo resolver este tipo de problema. Em alguns Detrans pode ser  necessário ir pessoalmente até a unidade. Em sua maioria das unidades do Detrans, ainda bem, é possível resolver tudo com simples acesso à internet.

COMO PARCELAR IPVA ATRASADO?
PRECISO DE DESPACHANTE?

Explicando a Opção 2: A segunda forma para quitar o seu débito com o IPVA é com serviço de terceiros chamado de despachantes especializados no assunto.

Geralmente o serviço que os despachantes oferecem como uma opção de crédito:  os despachantes quitam a dívida do seu IPVA a vista e você paga depois para o despachantes, podendo até mesmo pagar no cartão de crédito ou pagar parcelado.

Observação: Para conferir como parcelar o IPVA atrasado, vai depender dos despachantes que existem na sua região e se eles oferecem esse serviço.

 

CONSULTE O SITE DO [ DETRAN  ] DO SEU ESTADO

Alguns estados existe o beneficio de pagar o IPVA com créditos de notas cadastradas como por exemplo nota Paraná, nota São Paulo entre outros. Confira no site do seu estado se existe essa possibilidade.

SITES DO DETRAN POR REGIÃO

Nestes sites, é possível verificar dados, como débitos existentes, e consulta RENAVAM.

Além disso, é possível consultar multas ou somente consulta placa DETRAN (consultar placa de veiculo)

NORTE

Acre – www.detran.ac.gov.br
Amapá – www.detran.ap.gov.br
Amazonas – www.detran.am.gov.br
Pará – www.detran.pa.gov.br
Roraima – www.detran.rr.gov.br
Rondônia – www.detran.ro.gov.br
Tocantins – www.detran.to.gov.br

Enviar pelo WhatsApp compartilhe no WhatsApp

NORDESTE

Alagoas – www.detran.al.gov.br
Bahia – www.detran.ba.gov.br
Ceará – www.detran.ce.gov.br
Maranhão – www.detran.ma.gov.br
Paraíba – www.detran.pb.gov.br
Pernambuco – www.detran.pe.gov.br
Piauí – www.detran.pi.gov.br
Rio Grande do Norte – www.detran.rn.gov.br
Sergipe – www.detran.se.gov.br

CENTRO-OESTE

Brasília (Distrito Federal) – www.detran.df.gov.br
Goiás – www.detran.go.gov.br
Mato Grosso – www.detran.mt.gov.br
Mato Grosso do Sul – www.detran.ms.gov.br

SUL

Paraná – www.detran.pr.gov.br
Santa Catarina – www.detran.sc.gov.br
Rio Grande do Sul – www.detran.rs.gov.br

SUDESTE

Espírito Santo – www.detran.es.gov.br
Minas Gerais – www.detran.mg.gov.br
Rio de Janeiro – www.detran.rj.gov.br
São Paulo – www.detran.sp.gov.br

ONDE PAGAR  IPVA ATRASADO

Para realizar o pagamento do IPVA 2021 você tem diversas opções:

  • Internet Banking
  • Casas lotéricas ( Credenciadas )
  • Banco da Caixa
  • Diretamente no caixa automático informando o RENAVAM
  • Postos autorizados pelo Detran do seu estado

ISENÇÃO IPVA

Como já citado, o IPVA é um imposto obrigatório para proprietários de veículos automotores, no entanto, em alguns casos, se tem a isenção de taxa.

Existem dois tipos diferentes de isenção do IPVA, sendo preciso que você se enquadre em alguns requisitos para não precisar pagar pelo imposto.

  • Em um dos casos o cidadão deve solicitar a isenção do IPVA;
  • Em outros, a isenção é concedida de forma automática, sem precisar que o dono do veículo solicite.

Confira abaixo para quem a isenção é disponibilizada de forma automática* (na maioria dos estados):

  • Veículos com mais de 20 anos de fabricação;
  • Acre, em Goiás e no Rio Grande do Norte um veículo fica isento do imposto depois de 10 anos.
  • Veículos ferroviários;
  • Máquinas utilizadas na construção civil ou por estabelecimentos industriais ou comerciais para monte e desmonte de cargas;
  • Máquinas utilizadas essencialmente para fins agrícolas.

Veja também quem tem direito de solicitar a isenção do IPVA:

  • Pessoas que possuírem uma deficiência física, visual, mental severa ou profunda podem solicitar por esse benefício;
  • Portadores do espectro autista;
  • Ônibus, micro-ônibus utilizados no transporte urbano ou metropolitano, em fretamento ou no transporte escolar;
  • Entidades e pessoas com direito a tratamento diplomático;
  • Táxi e mototáxi.

IPVA atrasado – dicas para não atrasar

Sabemos que o valor do IPVA é calculado com base no modelo, ano e a cidade onde o carro está registrado, por isso que uma parte do valor arrecadado vai para o município.

DICA > Realizar um planejamento financeiro continua sendo o melhor caminho para não deixar de pagar. Anote em algum lugar seguro a data de vencimento e, se possível, pague antes desta data.

Aproveite os benefícios oferecidos. Sabemos que não é comum o governo oferecer condições especiais para pagamentos, ainda mais de impostos. Por isso, aproveite as condições de parcelamento e descontos à vista para não pesar muito no seu bolso.

Quais dados são necessários para consultar débitos do IPVA?

Bom, você irá precisar normalmente da placa do seu carro e do RENAVAM. Sem esses documentos você não poderá fazer a consulta.

Normalmente também não há nenhuma necessidade de cadastro, até porque muitos vendedores de carro precisam comprovar para qualquer um os débitos.

É importante ter em mãos o documento do carro, se possível, para facilitar todo o processo. Lá você encontra tudo o que precisa.

Se você tiver perdido o documento, lembre-se de que há a necessidade de fazer um boletim de ocorrência e ir atrás o mais rápido possível de um novo.  Não há a possibilidade de se dirigir um carro se você não tiver um documento.

O que é RENAVAM?

RENAVAM é a sigla para Registro Nacional de Veículo Automotivo. Embora você vai encontrar um registro de nível nacional, você não terá como lidar com qualquer DETRAN para resolver qualquer problema.

Ele possui 11 dígitos de números, semelhante ao seu RG ou seu CPF. Pense nele como a carteira de identidade do seu carro.

Você irá encontrar ele no documento do carro em uma caixa escrita “COD. RENAVAM”.

Ter este número decorado não é obrigatório, mas assim como o CPF e o RG é importante lembrar sempre.

Este número não é transferível para outro carro. Ou seja, acompanha o carro desde a compra até a sua inutilização.